13/11/2011

emigrante


Não vou negar meu amor
que não te afasto
e evito
nem me vacilo
e resisto
a negar-me ao teu encontro
que construo e que desisto
Meu amigo
e meu amado
emigrante do que eu sinto

Maria Teresa Horta

Sem comentários:

Enviar um comentário