28/11/2014

Há quanto tempo não te escreves uma carta?...



Texto copiado do Blogue "O Naúfrago"    http://tabuadonaufrago.blogspot.pt/


Procura um local recatado, diminui a intensidade da luz, põe um pouco de musica - jazz ou blues vai dilatar-te a alma, começa por mencionar as saudades que sentes de ti, depois descreve detalhadamente um tempo que te tenha agradado particularmente, recorda a emoção desse momento, reforça as saudades que sentes de ti, descreve a qualidade que mais aprecias em ti, se te focares na tua personalidade não sejas demasiado platónico, vai soar-te mal, se for apropriado coloca alguma sensualidade mas não sejas explicitamente erótico, escreve-te sobre o futuro, os teus sonhos, desejos e fantasias, mas sem detalhes, faz perguntas e deixa algumas respostas no ar, dá-te um pouquinho de luta, pode ser bom, mas não exageres, sê sincero. Assina a carta no final. Escreve um post scriptum: "tenho saudades tuas". Fecha o envelope, coloca o selo, sorri e... espera-te na volta do correio.

O Náufrago


Sem comentários:

Enviar um comentário