07/11/2014

Retrato


Eu não tinha este rosto de hoje,
Assim calmo, assim triste, assim magro,
Nem estes olhos tão vazios,
Nem o lábio amargo.
Eu não tinha estas mãos sem força,
Tão paradas e frias e mortas;
Eu não tinha este coração
Que nem se mostra.
Eu não dei por esta mudança,
Tão simples, tão certa, tão fácil:
- Em que espelho ficou perdida
A minha face?


Cecília Meireles

4 comentários:

  1. Bom dia Brisa do Sul!
    Estou encantado com seu Blog, Poemas e suas Ilustrações são
    lindas parabéns, grato por estar em meu blog, também estou aqui,
    e já sou teu Fã!
    Adriano.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, Adriano! Também gostei do teu Blog e prometo visitá-lo muitas vezes.
      Cumprimentos

      Eliminar
  2. Um viva para Cecília, postei ela tb hj rs...
    bjokas =)

    ResponderEliminar