03/02/2015

Quantas vezes...


Quantas vezes te digo
quantas vezes…
que és para mim
o meu homem amado?
O que chega primeiro
e só parte por vezes
antes de perceber
que já tinhas voltado
Quantas vezes te digo
quantas vezes…
que és para mim
o meu homem amado?
Aquele que me beija
e me possui
me toma e me deixa
ficando a meu lado
Quantas vezes te digo
quantas vezes…
que és para mim
o meu homem amado?
Que sempre me enlouquece
e só aí percebo
como estava perdida
sem te ter encontrado


Maria Teresa Horta

3 comentários:

  1. Olá, um amor alimentado traduzido no belo poema.
    AG

    ResponderEliminar
  2. Que poster mais fofo, querida.Passando para desejar-lhe uma linda semana.Bjs.

    ResponderEliminar
  3. Que beleza de poema. Acho lindo amor em versos.

    Bjoo'o

    ResponderEliminar