24/04/2015

25 de Abril


Esta é a madrugada que eu esperava
O dia inicial inteiro e limpo
Onde emergimos da noite e do silêncio
E livres habitamos a substância do tempo

Sophia de Mello Breyner Andresen

7 comentários:

  1. Flores bonitas. O dia virá. Atenciosamente.

    ResponderEliminar
  2. Parabéns pelo belíssimo espaço e pelas relevantes escolhas poéticas.
    Virei por aqui sempre que puder :)
    Quanto à escolha para assinalar mais um aniversário do 25 de Abril, é muito oportuna, além da imagem. Continuo/amos a esperar outra madrugada...
    Bjo, Maria Adelaide

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Um Povo inteiro continua a esperar... :-(
      Bj e obrigada pelas palavras amáveis e pela visita

      Eliminar
  3. Oi Maria,
    Adoro pensamentos
    Se achegue, eu não mordo.kkk
    Beijos

    ResponderEliminar
  4. Gosto muito de Sophia, dos seus poemas e da sua postura interventiva na vida.

    Queria seguir o blog mas não encontrei espaço para isso...

    Abraço

    Olinda

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Por favor, insista para me seguir... Gostaria de a ter por cá. Vamos ver se numa próxima já encontra o espaço que está na barra lateral direita.
      Obrigada pelas amáveis palavras e pela visita Bj

      Eliminar
    2. Por favor, insista para me seguir... Gostaria de a ter por cá. Vamos ver se numa próxima já encontra o espaço que está na barra lateral direita.
      Obrigada pelas amáveis palavras e pela visita Bj

      Eliminar