17/08/2015

Quero...



Quero esquecer-te
Pra melhor te lembrar
Quero-te longe de mim
Pra poder-te sonhar

Quero ser braço de rio
Afluente
Ser leito, maré
Navegar na corrente
Sem nunca atolar

Quero apenas ir
Saber vir
E em ti desaguar

José Gabriel Duarte



Sem comentários:

Enviar um comentário