13/10/2015

Anda ser feliz comigo...


“Anda ser feliz comigo. Pago-te todas as despesas de deslocação e estadia. Não te prometo um hotel de cinco estrelas, mas antes um cantinho acolhedor com uma bela lareira e boa música. Prometo servir-te todos os dias o pequeno-almoço na pequena varanda com vista para onde quiseres, desde que tenhas a capacidade de entender que a imaginação será sempre o nosso maior talento. Não vou ter álcool em casa, não porque não goste, mas porque não quero que nos embriaguemos senão com o amor de cada um. Vou ter apenas três livros na sala, um de sonhos, outro de destinos e um último de segredos. Estão todos em branco e quero muito que sejamos nós a escrevê-los numa linguagem surripiada ao coração de ambos. Prometo amar-te e serenar o teu peito sempre que sentires vontade de partir. Prometo falar-te de quem podes ser comigo e mostrar-te o quanto sou contigo. Sei que vais querer que deixe queimar em toda a casa incensos de sal e fogo para nos lembrar de onde vimos e para onde vamos, mas vou também desejar muito acender velas nos quatro cantos do quarto apenas para ver e sentir as tuas sombras sempre que tomar o teu corpo no meu. Anda ser feliz comigo. Não te preocupes se não o conseguires e quiseres partir. Não te preocupes se me vires a chorar. Vou ficar sempre em paz contigo, unicamente porque me deixaste por um tempo acreditar de novo na minha capacidade de amar.”


José Micard Teixeira

1 comentário:

  1. Gostei do texto, mas este chilrear de pássaros é uma beleza, o murmúrio das águas é
    tranquilizante, gostei amiga, beijo

    ResponderEliminar