20/12/2015

Ama-me, agora...

" Ama-me,
agora
antes que a palavra chegue.
Toca-me
antes que haja mundo,
Beija-me
antes que comece o beijo.
Despe-me
para que eu esqueça ter corpo.
Devolve-me
o reino onde fui deus.
Ama-me
até não sermos dois.
Ama-me.
E tudo será depois."


Mia Couto 

3 comentários:

  1. Lindo poema, beijo e boa semana

    ResponderEliminar
  2. Gosto tanto do Mia !
    Que poema lindo!
    Festas repletas de poesia!

    ResponderEliminar
  3. Pois aconteceu também aqui estar a seguir sem foto, isto é trabalhinho do google claro.

    ResponderEliminar